AS ILHAS

A costa esmeralda possui 5 (cinco) são elas:

1- Ilha de Porto Belo, localizada junto ao Município de Porto Belo. A ilha oferece aos seus visitantes, diversas atividades de esportes e lazer, um ecomuseu , trilhas ecológicas , bar e restaurante.

2-A Ilha do Macuco está localizada a Oeste da Reserva Biológica Marinha doArvoredo (fora de seus limites), localizada no estado brasileiro de Santa Catarina. É também conhecida como Ilha do Amendoim e possui águas calmas e atrai mergulhadores e pescadores em geral. Possui um prainha de aproximadamente 12 metros de extensão.

3-A Ilha da Galé é uma área de reserva biológica, muito por causa dos recifes que crescem naquela região. Esta ilha recebeu o nome de Ilha da Galé por ter um desenho que lembra antigas embarcações Galés, é conhecida por ser um dos locais mais importantes para a procriação de aves da costa brasileira. A Ilha não tem praias.

4-A Ilha do Arvoredo, esta situado na costa catarinense, é um dos lugares mais procurados para mergulho no país, devido à grande biodiversidade marinha. Situado próximo a grandes centros turísticos do litoral de Santa Catarina, como Florianópolis, Porto Belo, Itapema e Governador Celso Ramos.

Como chegar: Fica distante 11 quilometros do Norte da Ilha de Santa Catarina. Saem barcos tanto de Florianópolis como de Porto Belo e Bombinhas/SC.

O que fazer:

A ilha do arvoredo, juntamente com Abrolhos e Fernando de Noronha, formam as três reservas biológicas marinhas brasileiras. Ela tem 27.000 m² e quase sua totalidade coberta pela Mata Atlântica.

A Reserva Biológica Marinha do Arvoredo é formada pelas ilhas do Arvoredo, Galé, Deserta e Calhau de São Pedro. Nela, é proibido qualquer atividade de utilização, caça, pesca, apanha ou introdução de espécies silvestres ou domésticas. Também lá são encontradas inscrições rupestres e até antigos sepultamentos, que datam de cerca de 4000 a 2000 anos, produzidos pela ação humana.

Um farol inglês de 1883 é um importante ponto de referência para embarcações. Alguns naufrágios ocorreram no local, como por exemplo, o cargueiro Lili na ilha da Galé.

Nela há o encontro das correntes marítimas brasileiras, que são quentes, com as das ilhas Malvinas(Argentina), que são frias. Isso proporciona uma copiosa quantidade de espécies marinhas. Encontra-se por muitas vezes arraias-manteiga, tartarugas marinhas, focas-leopardo, cavalos-marinhos e golfinhos.

5- A Ilha Deserta. Não é permitido mergulhar ou até mesmo desembarcar na Ilha Deserta, porque ela faz parte de uma reserva biológica.

De toda costa de Santa Catarina, é a ilha mais externa. Assim como a da Galé e Calhau de São Pedro, a Ilha Deserta é um local bastante procurado pelos mais diferentes tipos de aves.

PRAIA DO ZIMBROS

Zimbros

Foi a primeira praia avistada pelos colonizadores açorianos na península, que encontraram ali o zimbros, planta da família das Pináceas, de cujos frutos aromáticos é feita a bebida alcoólica conhecida por genebra. Daí, o nome da praia. Zimbros é um bairro dotado de ótima infraestrutura. Além do turismo, a renda da população tem origem na pesca e no cultivo de marisco e ostras. As embarcações na beira da praia proporcionam um visual colorido e pitoresco. Suas águas calmas e sem ondas são propícias para os esportes náuticos, como a vela e o esqui. No canto direito da Praia está a Área de Relevante Interesse Ecológico da Costeira de Zimbros, que abriga importantes exemplares de flora e fauna de Mata Atlântica e possui dez praias desertas, dentre elas estão: do Cardoso, Lagoa, Triste e Vermelha.

Como chegar

Seu acesso é pela Avenida Falcão em Bombas até chegando na rotatória do bairro de Zimbros, quando deve-se seguir em diante pela Rua das Garças e depois a Avenida Rio Tapajós.

PRAIA DA TAINHA

Praia da Tainha

Como o próprio nome diz, esta praia é um excelente local para a pesca da tainha durante os meses do inverno. É um refúgio natural em meio a Mata Atlântica, com beleza surpreendente. Possui cerca de 200 metros de extensão.

Como chegar

Seu acesso é feito por uma estrada não pavimentada, a partir da Praia da Conceição. Ao longo da estrada há um museu e mirantes naturais que possibilitam uma bela visão da Baía de Zimbros e Marisc

PRAIA DE QUATRO ILHAS

Praia de Quatro Ilhas

É conhecida pelos moradores mais antigos como Praia de Fora, devido sua localização e característica de mar aberto. O nome Quatro Ilhas deve-se às quatro ilhas avistadas desde a praia. Uma delas, a Ilha do Macuco, próxima ao continente. As outras três, Ilha das Galés, Deserta e Arvoredo, são as que compõem a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. A praia também é conhecida pela grande cruz instalada em suas areias. Contam os moradores que dois pescadores, após terem encontrado a cruz na beira do mar, ficaram tão impressionados que resolveram fincá-la no mesmo local onde a acharam. Segundo os moradores e pescadores daquela região, após esse acontecimento realizaram um lance (pesca) de tainhas jamais visto, tal a abundância do pescado. Desde então, todos os anos, no dia 3 de maio, alguns pescadores adornam a cruz com flores e fazem pequenas preces, para que haja sempre a mesma fartura na pesca da tainha. Com o passar do tempo, a cruz de madeira foi se deteriorando, sendo substituída por uma cruz de concreto. A belíssima praia preservada por restinga, possui 1km de extensão. É reduto de jovens que buscam suas boas ondas para a prática do surf.

Como chegar

Para chegar em Quatro Ilhas, é necessário atravessar o centro de Bombinhas, pela Av. Ver. Manoel José dos Santos, entrando na rua Salmão, para, logo depois, ingressar na Rua Ilha das Galés, que dá acesso direto à praia.

PRAIA DO MARISCAL

 

A Praia de Mariscal, com 204,5 metros de extensão, tem areias brancas a base de cristais de quartzo e águas cristalinas. O nome surgiu em função da grande quantidade de mariscos em seus costões. Com águas muito limpas e ondas de médio porte, é muito procurada pelos surfistas. A vegetação de restinga está preservada pintando de verde toda a sua orla, aproximando o turista à natureza. É indicada para banhos de mar e sol, surf, pesca esportiva e longas caminhadas. Para quem gosta de sossego, Mariscal possui uma estrutura quase que exclusivamente residencial.

Como chegar

Existem dois acessos. O primeiro é pelo Centro de Bombinhas, seguindo a Av. Ver. Manoel José dos Santos até a na Rua Salmão, seguindo-se por esta até quase o seu final, quando se toma a direção ao morro do Mariscal pela segunda rua à direita. No topo do morro, a vista do Mariscal e do Canto Grande é exuberante. Existem vários mirantes para bater fotos e prestigiar este encanto da natureza. Outro acesso é pela Avenida Falcão, que liga a praia de Bombas a Praia de Zimbros. Na terceira rotatória no Bairro de Zimbros, basta seguir à esquerda, na Rua Maracujá, que em poucos quilômetros muda o nome para Av. Girassol. Dali, segue-se até a Rua Canela, que liga a bairro Canto Grande (Mar de Dentro) com a Praia de Mariscal.

PRAIA DE BOMBINHAS

Praia de Bombinhas, a mais procurada da região e que dá nome ao município. Com 1,2 km de extensão, possui águas muito cristalinas e calmas. Também é conhecida como a praia central e possui algumas das melhores pousadas da região, na beira da praia.

A partir de Bombinhas é possível seguir dois caminhos. O primeiro é seguir para o costão direito da praia pela via principal, a Av. Ver. José Manoel do Santos. Lá estão três pequenas praias (PrainhaPraia do embrulho e Lagoinha) e algumas escolas de mergulho que oferecem aulas e alugam equipamentos para a prática do esporte nas águas transparentes da região

A próxima praia é a Praia da Sepultura. Com apenas 95 metros de extensão, pode ser muito difícil de encontrar um lugar na areia. O acesso é feito através de uma trilha, por isso muita gente acaba não a conhecendo. Há dois estacionamentos pagos no início da trilha que dão acesso à praia. Ela está de costas para o oceano, virada de frente para a Bombinhas. Suas águas são praticamente paradas e há muitas pessoas praticando mergulho de superfície nela.

A última praia para quem segue pela avenida é a Praia dos Ingleses, também conhecida como Praia do Retiro dos Padres, pois nela existe um retiro espiritual de padres da igreja católica. Há também um grande camping que ocupa boa parte da praia. O acesso ao público é complicado e os carros precisam disputar espaço num pequeno espaço da rua, já que a maior parte da praia é dominada pelo camping e pelo retiro.

PRAIA DE BOMBAS

O nome Bombas deriva-se do fato do som produzido pelo bater de suas ondas. Apesar disso, é uma praia de águas tranquilas e cristalinas, muito procurada por famílias que buscam sossego e segurança. Nas proximidades do costão esquerdo, as ondas também permitem a prática do surf. Antigamente chamada de Praia Grande, em razão de sua extensão de aproximadamente 2 quilômetros, Bombas ainda é um reduto da pesca artesanal. Ao longo da praia, encontram-se vários ranchos de pesca, que guardam as centenárias canoas-de-um-pau-só, ainda utilizadas no período de maio a julho durante a temporada da tradicional pesca da tainha